sexta-feira, 31 de outubro de 2008

"REGIS & JUNYO" - LANÇAMENTO DVD


ESSA É UMA DUPLA QUE MERECE RECONHECIMENTO NO MEIO ARTISTICO... O NOVO CD/DVD FICOU SUPER SHOW... "REGIS JUNYO", PARA QUEM QUIZER SABER MAIS UM POUCO DESSA DUPLA GOIANA MARAVILHOSA, É SÓ ACESSAR O SITE:
MUITO SUCESSO...

"LEONARDO" NO RIO GUAPORÉ-RO


NOSSO AMIGO LEONARDO NO RIO GUAPORÉ-RO. Para Todos que amam e admiram a NATUREZA!!! Para quem já visito o Barco, ou para aqueles que nunca foram mas viram,ouviram falar ou até mesmo aqueles que pretende passar uma semana em um dos BARCOS!!! sendo um, localizado no RIO ARIPUANÃ/AM e o outro no VALE DO GUAPORÉ/RO!!!!Para todos que AMAM A PESCA ESPORTIVA,OU QUE SIMPLESMENTE GOSTAM DE PESCAR E APRECIAR A NATUREZA... venho participar desse passeio maravilhoso nos BARCOS MAANAIM.

"JUNYO" DA DUPLA "REGIS & JUNYO" EM BURITI ALEGRE-GO


MEU TIO "JUNYO" DA DUPLA GOIANA "REGIS & JUNYO", FAZENDO UMA PESCARIA NO LAGO DAS BRISAS EM BURITI ALEGRE-GO. ESSA PESSOA MARAVILHOSA QUE VEM BATALHANDO SUA CARREIRA A MAIS DE 15 ANOS. UM ÓTIMO COMPANHEIRO DE PESCADA. ALÉM DE CANTOR, UM PESCADOR PROFISSIONAL. ABRAÇOS...
DEDICATÓRIA: JOÃO MARCIEL

Pescaria de Tabaranas - Rio Sapucai


Pescaria de Tucunarés - Represa de Ituverava-Sp


LICENÇA PARA PESCA AMADORA


O porte da licença de pesca amadora é obrigatório?
A licença de pesca amadora é obrigatória para todos os pescadores, inclusive os praticantes da pesca subaquática.

Quem não precisa apresentar a Licença?
Estão dispensados do porte da Licença para Pesca Amadora do Ibama os aposentados, os maiores de 65 anos (homem) ou 60 anos (mulher), os menores de 18 anos e aqueles que pescam desembarcado com linha de mão ou caniço, sem carretilha/molinete. Os menores de 18 anos se não tiverem a licença de pesca amadora não têm direito à cota de captura. Os estados que possuem licença de pesca podem ter regras diferentes.

A licença embarcada é válida para a pesca desembarcada?
A licença para a pesca embarcada é válida para a pesca desembarcada e a licença para a pesca subaquática é válida para a pesca embarcada e desembarcada.

Para ter a licença de pesca amadora é preciso apresentar a licença da embarcação?
Não. Para tirar a licença de pesca amadora é necessário apenas o número do CPF.
Onde retirar a Licença para Pesca Amadora do Ibama?
O formulário impresso pode ser encontrado no Ibama (Sede e Gerências Executivas dos Estados) e nas casas lotéricas. Também pode ser preenchido pela Internet, no sitewww.ibama.gov.br. O pagamento pode ser feito em qualquer casa lotérica ou agência bancária.
Existe licença para pescador estrangeiro?
Não. A licença é a mesma. Mas o pescador estrangeiro somente pode utilizar o formulário impresso, pois o formulário digital ainda não aceita o número do passaporte.
É preciso apresentar algum documento junto com a Licença?
Sim. A licença só é válida junto com um documento de identificação.
É preciso apresentar o comprovante de pagamento junto com a Licença?
Sim. Como os bancos não fazem mais autenticação mecânica, é obrigatório ter o comprovante de pagamento junto com a licença.
É preciso fazer o Cadastro Técnico Federal - CTF antes de preencher o formulário da Licença de Pesca?
Ao preencher as informações pessoais no formulário via Internet, o pescador amador está automaticamente se inscrevendo no Cadastro Técnico Federal que é obrigatório para qualquer atividade que utiliza os recursos naturais.
Por quê motivo quando fui preencher o formulário de Licença, apareceu que já sou cadastrado?
Porque você já deve ter se cadastrado junto ao Ibama para uma outra atividade.
Esqueci a senha, como consigo recuperar?
Nesse caso, é preciso entrar em contato com o Ibama pelo telefone (61) 316-1633 para confirmação do cadastro e solicitação de nova senha.
Não consigo imprimir o Boleto Bancário, o que preciso fazer?
Primeiro é preciso ter certeza que a impressora está configurada. Se mesmo assim não conseguir, deve entrar em contato com o Ibama pelo telefone (61) 316-1633.
Por quê ainda não recebi a Licença definitiva, se já efetuei o pagamento?
Após 10 dias de efetuado o pagamento, é preciso acessar o site do Ibama novamente (www.ibama.gov.br/pndpa) digitar o CPF e a senha, e imprimir a Licença definitiva.
Qual a diferença entre pesca embarcada e desembarcada?
A pesca embarcada é aquela em que o pescador usa uma embarcação para pescar ou para atingir um ponto de pesca.
Qual a diferença entre pesca amadora e pesca comercial (profissional)?
A pesca amadora (esportiva, desportiva ou recreativa) é aquela praticada por lazer, esporte ou turismo e o peixe capturado não pode ser vendido. A pesca comercial é aquela realizada por pescadores profissionais, registrados, cuja renda é proveniente da venda do pescado. A diferença também está no tipo de apetrecho utilizado na captura. O pescador amador não pode utilizar redes nem tarrafa.
Quem é responsável pelo registro de pescador profissional?
O registro de pescador profissional é feito pela Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca - SEAP. O endereço é: Esplanada dos Ministérios, Bloco D - 70043-900 Brasília-DF - Tel.: (61) 225-5105; Fax: (61) 224-5049 - www.planalto.gov.br/seap
Onde retirar a licença da embarcação?
A licença da embarcação é emitida pela Marinha. Procure um dos escritórios da Capitania dos Portos em sua região www.mar.mil.br ou www.dpc.mar.mil.br
Quando existem diferenças entre as normas federais e as estaduais, qual devo respeitar?
Os órgãos federais, no caso o Ibama, estabelecem as normas gerais. Os estados estabelecem normas específicas. Se houver norma estadual que não contrarie a norma geral, ou que seja mais restritiva, vale a norma estadual, mesmo em águas da União.
Quais os apetrechos permitidos para o pescador amador?
De acordo com a Portaria Ibama nº 30/2003, o pescador amador pode pescar com linha de mão, puçá, caniço, vara com molinete/carretilha, anzol simples com isca natural, anzol múltiplo com isca artificial nas modalidades de arremesso e corrico, espingarda de mergulho ou arbalete. No caso do pescador amador que pesca no mar, a tarrafa pode ser utilizada desde que com uma autorização especial do Ibama. Para tanto, é necessário solicitar a autorização junto a Gerência Executiva do Ibama no Estado.
O que é a Carteira de Identificação para o Pescador Amador?
Os pescadores que estão dispensados da Licença, se desejarem, podem obter a Carteira de Identificação para o Pescador Amador. No caso do aposentado ou maior de 65 anos (homem) ou 60 anos (mulher) a carteira é da classe permanente. No caso dos menores de 18 anos, a carteira é da classe especial. O porte não é obrigatório, uma vez que para eles obrigatório é a comprovação de idade ou da situação de aposentado. Nos dois casos, a carteira somente pode ser encontrada no Ibama-sede ou nas Gerências Executivas estaduais.
Onde fazer denúncias?
Denúncias sobre agressões ao meio ambiente podem ser feitas pela Linha Verde, um serviço da Ouvidoria do Ibama. A ligação é gratuita, de qualquer ponto do país, para o número 0800-61-8080 ou pelo e-mail linhaverde.sede@ibama.gov.br .O Ibama dá prioridade ao atendimento das denúncias feitas através daLinha Verde, que é o principal canal de comunicação com a Instituição.
Pode transportar o barco em cima do veículo?
Segundo a Resolução 577/81 do Conselho Nacional de trânsito, que regulamenta o transporte de cargas sobre a carroceria de veículos das categorias automóveis e mistos, é permitido o transporte de cargas desde que estas não excedam à largura e comprimento todal do veículo.

LAGO DE CORUMBÁ 4 - ABADIÂNIA-GO

video

MEU AMIGO "DADÁ" E EU "JOÃO MARCIEL" NO CORUMBÁ 4, SOLTANDO UM LINDO FILHOTE DE TUCUNARÁ AZUL. LEMBRANDO A TODOS QUE É MUITO IMPORTANTE CAPTURAR PEIXES EM SUAS RESPECTIVAS MEDIDAS, RESPEITANDO A NATUREZA.

A NATUREZA AGRADECE A SUA ATITUDE.

PRESERVE A NATUREZA, JOGUE LIXO NO LIXO E NÃO POLUA ESSA MARAVILHA QUE DEUS NOS DEU.

LAGO ARRANCA ANZOL - ITACAIU-GO


ESSE LAGO "ARRANCA ANZOL", FICA NA REGIÃO DE ITACAIU, APROXIMADAMENTE 480Km DE GOIÂNIA. É UM LAGO FORMADO PELO "RIO ARAGUAIA". MUITAS ESPÉCIES DE PEIXES É ENCONTRADA POR LÁ. ESSE É UM BONITO "URUANÃ", APROXIMADAMENTE 70Cm. PEIXE SUPER ESPORTIVO, COM MUITOS SALTOS, BRIGA.
PESCADOR: JOÃO MARCIEL

LAGO DE CORUMBÁ 4 - ABADIÂNIA-GO


PENSA NUM BIXO BRUTO. ESSE TUCUNA DEU TRABALHO VIU... - JOGOU A ISCA PARA CIMA E QUANDO CAIU DE NOVO NA ÁGUA, ATACOU COM GOSTO QUE ATÉ SAIU PARA POUSAR PRA FOTO... RSRS... - ISCA DE SUPERFÍCIE, TORPEDO DE HELICE... MUITO BOA...
PESCADOR: JOÃO MARCIEL

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

LAGO DE CORUMBÁ 4 - ABADIÂNIA-GO


ESSE É UM GRANDE PARCEIRO DE PESCADA, AMIGO DE "JOÃO MARCIEL". NOSSO COMPANHEIRO "IGOR MARQUÊS" FILHO DO NOSSO GRANDE ÍDOLO "EPITÁCIO MARQUÊS" APRESENTADOR DO PROGRAMA DE PESCA "CORAÇÃO DE PESCADOR", REALIZANDO UMA PESCARIA DE TUCUNARÉ NO LAGO DE CORUMBÁ 4 QUE FICA À 130Km DE GOIÂNIA. ESSE DIA FOI MUITO BOA A PESCARIA, VÁRIOS EXEMPLARES.

CLUBE DE PESCA LAGO VERDE - GOIÂNIA-GO



AMIGO DO "JOÃO MARCIEL", GRANDE PESCADOR "SICERO" GANHADOR DE VÁRIOS PRÉMIOS NOS TORNEIOS REALIZADOS NO CLUBE DE PESCA LAGO VERDE. LINDO "TAMBACÚ DE APROXIMADAMENTE 25Kg".

CLUBE DE PESCA LAGO VERDE - GOIÂNIA-GO


ESSE PEIXE FOI DESENVOLVIDO NO LABORATORIO. NOME: "TABATINGA" DE APROXIMADAMENTE 19Kg. ESSE LUGAR, É UM CLUBE DE PESCA, ONDE PESSOAS DE VÁRIOS LUGARES DE GOIÁS E ATÉ DE OUTROS ESTADOS, VEM PARTICIPAR DOS TORNEIOS QUE É REALIZADO NO MESMO. PARA QUEM QUIZER MAIS INFORMAÇÕES, É SÓ ACESSAR: http://www.clubedepescalagoverde.com.br/

LAGO DAS BRISAS - BURITI ALEGRE-GO


GRANDES TRAIRÕES SÃO CAPTURADOS TAMBÉM NESSA REGIÃO.

LAGO DAS BRISAS - BURITI ALEGRE-GO


ESSE É O "LEONARDO" IRMÃO DO PESCADOR "JOÃO MARCIEL". FELIZ DA VIDA POR REALIZAR UMA ÓTIMA PESCARIA...

LAGO DAS BRISAS - BURITI ALEGRE-GO


ÓTIMA PESCARIA NO LAGO DAS BRISAS. GRANDES TUCUNARÉS SÃO CAPTURADOS NESSE GRANDE REPRESAMENTO DE FURNAS. ESPÉCIES: AMARELO; AZUL; PACAS... UM ÓTIMO LUGAR PARA REALIZAR PESCARIAS ESPORTIVAS. VENHAM CONHECER...

TABARANA NO RIO DO CARMO

TABARANA NO RIO SAPUCAI


ESPETACULOS DE TABARANAS NO SAPUCAI

VARIAÇÃO DE TUCUNARÉS ENCONTRADO NO RIO GRANDE




DUBLES



ESSE GESUALDO É O CARA CONSEGUIU FAZER ESSE DUBLE,
ESTÁ AI A PROVA...CADA FOTO EM DIA DIFERENTE

BIG TUCUNARÉS PESCADOS POR GESUALDO

TUCUNARÉ DE 47 CM PESCADO NO RIO GRANDE 

TUCUNARÉ DE 57 CM COM 4,1KG PESCADO NA REPRESA DE ITUVERAVA

CARPA GIGANTE 38,15kg


Dieter Markus Stein bateu um novo recorde em pesca de uma carpa comum, em Dezembro de 2006, ele pescou na Alemanha, um peixinho de 38,15kg.

ESTA AI A PROVA QUE A CARPA É VERDADEIRA

PESCARIA NO RIO GRANDE


GESUALDO E ESSE BELO TUCUNARÉ DEVE TER APROXIMADAMENTE UNS 5KG

SUPRESAS NAS PESCARIAS

UMA PEQUENA JIBOIA, TIRAMOS ALGUMAS FOTOS COM ELA, 
MAS NÃO ATRAPALHAMOS ELA NO SEU AMBIENTE, 
ESTAMOS NA CASA DELA, 
E NA CASA DOS OUTROS NÃO FAZEMOS BAGUNÇA, 
RESPEITE A NATUREZA QUE ELA VAI TE RESPEITAR TAMBÉM...

NEM SEMPRE VEM PEIXE AS VEZ PODE APARECER ESSAS SUPRESAS COMO UM CÁGADO, MAS MESMO ASSIM CONTINUAMOS NO ESQUEMA ESPORTIVO, DEVOLVENDO O ANIMALZINHO A NATUREZA

PESCARIA DE TUCUNARÉS NO RIO GRANDE


TUCUNARÉ AMARELO PESCADO POR ALBERTO

SUPRESAS QUE APARECEM NAS PESCARIAS

INFELIZMENTE TEVE QUE MATAR ELA, É UMA CASCAVEL
E ESTAVA NO MEIO DO CAMINHO, E TODOS SABEMOS QUE
ESSA É UMA COBRA MUITO PERIGOSA, ENTÃO TEM MOMENTOS
QUE SE FAZ SUA ESCOLHA É VOCÊ OU ELA...
ESSA DEPOIS DE MORTA DA PRA TIRAR UMA FOTO
ESSA TA MAIS QUE VIVA, FOI ENTREGUE A NATUREZA
DO MESMO JEITO

ESSE GESUALDO É DOIDO...

TILÁPIA NA REPRESA DE ITUVERAVA


A PESCARIA ERA PRA PEGAR TUCUNARÉS, 
MAS COMO ESTAVA NA ÉPOCA DE REPRODUÇÃO DAS TILÁPIAS, 
ELAS DEFENDEM OS NINHOS, FICANDO NESSA COR AVERMELHADA POR BAIXO,
ISSO OCASIONA OS ATAQUES NAS ISCAS ARTIFICIAIS
ISCA USADA É A MEIA AGUA SEM BARBELA

PESCARIA NA REPRESA DE ITUVERAVA


OS COMPANHEIROS DE PESCA, GILBERTINHO, RAFAEL E ALBERTO

PESCARIA TUCUNARÉ NA REPRESA DE ITUVERAVA

TUCUNARÉ AMARELO PESCADO POR GILBERTINHO

TUCUNARÉ DO RIO GRANDE


PESCADO POR GUSTAVO

PESCARIA DE TABARANA NO RIO DO CARMO


PESCADO POR GUSTAVO

PESCARIA DE TUCUNARÉS NO RIO GRANDE



ESSE PESCADOR É O GUSTAVO DE FUNDO APARECE O JAMES, GRANDE PESCADOR COM BOA TÉCNICA, 

SÃO JOSÉ DO BANDEIRANTE - GO


LINDO PEIXE: "MARGARIDA" É UM PEIXE TIPICO DA REGIÃO CENTRO-OESTE, ESPORTIVO TAMBÉM.
Nome Popular Jacundá
Nome Científico Crenicichla spp.
Família Cichlida e Distribuição Geográfica Bacias amazônica, Araguaia-Tocantins, Prata e São Francisco.
Descrição
Peixes de escamas; corpo alongado; boca grande, com a mandíbula um pouco maior que o maxilar superior.
A borda posterior do pré-opérculo é serrilhada.
A coloração e o padrão de manchas varia com a espécie: podem apresentar faixas verticais nos flancos, mas sempre apresentam uma faixa longitudinal mais escura ao longo do corpo, que se estende do olho até o pedúnculo da nadadeira caudal, e um ocelo na parte superior do pedúnculo caudal, mas em outras regiões pode ser encontrada essa espécie em outras variações de cores.
Alcançam cerca de 40cm de comprimento total.
Ecologia
Espécies carnívoras, que se alimentam de pequenos peixes, camarões e outros invertebrados. Como todos os ciclídeos são espécies sedentárias, que vivem em águas paradas (lagos, lagoas e remansos de rio).
Têm relativa importância na pesca comercial e na pesca amadora.

OUTRO EXEMPLAR DA REPRESA DE ITUVERAVA


PESCADO POR ALBERTO

TUCUNARÉ AZUL DA REPRESA DE ITUVERAVA

ESSA PESCARIA JA ESTAVA DE NOITE E APARECEU ESSE TUCUNARÉ DE 1KG
PESCADO POR ALBERTO

SÃO JOSÉ DO BANDEIRANTE - GO


TUCUNARÉ AMARELO PESCADO POR JOÃO MACIEL
O consumo médio diário de alimento do tucunaré amarelo é de 2,23% de seu peso corporal, é um valor baixo em relação a outros peixes tropicais, indicando que a espécie come relativamente pouco.

Existem mudanças na alimentação ao longo da vida em conseqüência de modificações ontogenéticas do peixe, tem o hábito dominante de comer peixes, contudo quando bem jovens por volta dos 8cm, comem praticamente só insetos, invertebrados aquáticos e vermes, passando a comer quase que predominantemente peixes no ciclo adulto. Podem comer peixes com até 45% de seu tamanho
.

SERRA DA MESA - CAMPINORTE - GO


TUCUNARÉ AMARELO APROXIMADAMENTE 4KG,
PESCADOR JOÃO MARCIEL DE GOIÂNIA - GO
O tucunaré amarelo tem resistência e adaptabilidade muito maior que a do tucunaré azul em águas mais frias e maior índice de sobrevivência na procriação, além de se adaptar muito bem em áreas menos oxigenadas e águas turvas, justamente o oposto de seu parente azulado. Não costuma realizar grandes migrações e se concentra em cardumes numerosos preferindo sempre a proximidade das margens, vegetações ou troncos, mesmo que eventualmente em locais mais fundos, muitas vezes até sendo residente.

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

PIRAPUTANGA NO RIO SÃO FRANCISCO

Corpo de coloração prateada, tendendo ao amarelo depois de retirado d'água,alongado e pouco comprimido lateralmente. Boca e dentes fortes, nadadeiras alaranjadas sendo a caudal vermelha com mancha preta sobre a linha lateral que vai da nadadeira adiposa até aos raios centrais da nadadeira caudal, pode medir até 50Cm de comprimento e pesar 3Kg.
Brycon microleps, Bacia do Prata; Bryconhilarii, Bacia do São Francisco, onde vivem tanto em águas rápidas quanto em remansos debaixo de árvores frutíferas, onde se alimentam dos seus frutos e de pequenos peixes.
Varas leves ou médias/leve, linhas 10 a 14Lb e anzóis de haste longa nº 2, 1 ou 1/0.
Naturais: Pequenos peixes ou pedaços, frutos 
Artificiais: Pequenos plugs de meia água. Colheres e spinners

PACU PEVA (CD) DO RIO SÃO FRANCISCO


ESSE GESUALDO É FODA... FEZ A FESTA NO RIO SÃO FRANCISCO

Nome Popular
Pacu-comum, Pacu-branco, Pacu-manteiga, Pacu-prata


Distribuição Geográfica
Bacias amazônica, Araguaia-Tocantins, Prata e São Francisco.


Descrição
Peixes de escamas. Existem vários gêneros que recebem o nome de pacu. O corpo é alto e bastante comprimido; a forma é arredondada ou ovalada; a cabeça e a boca são pequenas; apresentam uma quilha pré-ventral serrilhada. Os dentes são fortes, cortantes ou molariformes, dispostos em uma ou duas fileiras em ambas as maxilas. Em algumas espécies, o primeiro raio da nadadeira dorsal é um espinho. As escamas são diminutas, dando um aspecto prateado. A coloração varia de espécie para espécie, mas normalmente são claros, podendo apresentar manchas variadas no corpo e nadadeiras coloridas. O tamanho varia de 15-30cm dependendo da espécie.

Ecologia
Em geral as espécies são herbívoras, se alimentam de material vegetal e algas, com tendência a frugívoras. Algumas espécies podem ser encontradas em rios, lagos e na floresta inundada, outras em pedrais e corredeiras. São importantes na pesca de subsistência. Na Amazônia, M. duriventre (pacu-comum) forma cardumes e desce os rios para desovar, sendo importante na pesca comercial local.

Equipamentos
Equipamento do tipo leve/médio; linhas de 10 a 14 lb.; chumbada pequena; anzóis pequenos. Na pesca de batida, usa-se vara de bambu com linha de 25 a 30 lb. e anzóis até o n° 5/0.

Iscas
Iscas naturais, como frutos/sementes, algas filamentosas e minhoca.

PIAPARA DO RIO SÃO FRANCISCO


PIAPARA FISGADA POR GESUALDO
Descrição
Peixe de escamas; corpo alongado, um pouco alto e fusiforme. Coloração prateada, com três manchas pretas nas laterais do corpo, e nadadeiras amareladas A piapara alcança em média 40cm de comprimento total e 1,5kg, sendo que os indivíduos maiores chegam a 80cm e 6kg. Esta espécie pertence à família Anostomidae, que possui uma grande diversidade de gêneros e espécies com representantes em todas as bacias hidrográficas brasileiras, conhecidos como aracus (bacia amazônica), piaus (bacia Araguaia-Tocantins, Paraná e São Francisco), piavuçu, piava etc.

Equipamentos
Vara de bambu, nas pescarias de barranco, e vara de ação média e carretilha para a pesca embarcada. As linhas mais utilizadas são de 12 a 14 lb., preparadas com chumbadinha leve e solta na linha, e anzol pequeno.
Iscas
A espécie é capturada exclusivamente com iscas naturais como, por exemplo, milho verde ou azedo, bolinhas de massa, caramujo etc.
Dicas
Para se ter sucesso na pesca da piapara, é necessário alguma experiência. O peixe costuma pegar a isca com suavidade e acomodá-la na boca antes de correr. Se o pescador ficar afobado vai perdê-lo. Para realizar uma boa pescaria é preciso fazer uma ceva com milho ou massa de farinha para reunir os peixes no local onde se pretende pescar. Na pesca embarcada, o uso de um canhão é muito útil para manter os peixes nas proximidades.

DOURADO NO RIO SÃO FRANCISCO


DOURADO PESCADO POR GESUALDO

Peixe que se reproduz durante a Piracema, necessita da correnteza dos rios para completar o seu ciclo reprodutivo. Algumas empresas de energia elétrica vêm criando alevinos de dourado em cativeiro, numa tentativa de preservar a espécie, especialmente no alto da Bacia do Prata.

Apresenta uma coloração dourada por todo o corpo. Cada escama tem um pequeno risco preto no meio, formando assim linhas longitudinais da cabeça a cauda. O seu tamanho máximo e peso variam em função da bacia a qual ele pertence. No caso do Pantanal, Bacia do Paraguai, apanham-se exemplares com normalmente 70 a 75 cm e com o peso variando de 6 a 7 Kg. Já na Bacia do Prata, em especial na altura e à jusante de Foz do Iguaçu, há relatos de capturas de exemplares próximo aos 20kg. Idênticos exemplares de porte são conseguidos na Bacia do São Francisco.

É um peixe carnívoro e voraz, se alimentando de pequenos peixes, como a tuvira, lambari, cascudo, piau, etc. Quando se está pescando com iscas naturais, muitas vezes é possível capturá-lo também com filé de curimba. Sensação mesmo, é pescá-lo utilizando iscas artificiais. Seja no corrico, com melhor resultado, ou no arremesso, a fisgada é emocionante. Invariavelmente o Dourado dá alguns saltos para tentar se livrar da isca, e muitas vezes consegue. Além das colheres, dão muito bom resultado as iscas de meia água, tamanho entre 14 e 16 cm, e que façam barulho, como por exemplo as Bomber Long A. Pode ser pescado durante o ano inteiro, tendo melhor resultado na vazante dos rios. Principalmente onde haja corredeiras, cachoeiras e águas rápidas.

BIG TUCUNARÉ AZUL NO RIO GRANDE


OUTRO BELO EXEMPLAR DE TUCUNARÉ AZUL DO RIO GRANDE

Essa espécie tem o dorso azulado, corpo acinzentado ou azul/acinzentado, cinco ou seis listras verticais bem definidas e atinge até 80 cm de comprimento e cerca de sete quilos de peso. Destaca-se pela voracidade em ataques nas iscas de superfície. Prefere habitar águas limpas com bastante oxigênio. Tem hábitos diurnos e alimentam-se principalmente de peixes e camarões. São as únicas espécies que perseguem a presa, ou seja, após iniciar o ataque, não desistem até conseguir capturá-las.

Sua voracidade faz a alegria dos pescadores e traz muita renda para hotéis e prefeituras situados ás margens de represas e rios.  "Sua voracidade faz a alegria dos pescadores e traz muita renda para hotéis e prefeituras situados ás margens de represas e rios.  "

Normalmente consegue desovar de duas a três vezes ao ano, dependendo das condições do meio em que vive. Essa capacidade, aliada à proteção que dá à ninhada, lhe assegura um desenvolvimento populacional muito rápido. Seu maior predador é o homem, que acaba dizimando a espécie através da subtração dos estoques pesqueiros, além de matar as grandes matrizes. É, portanto, vítima da própria voracidade, que o faz atacar as iscas naturais ou artificiais que lhe são oferecidas. Também sofre a pressão de pesca noturna com arpões e zagaias, já que fica imóvel quando focado. Para muitos ambientalistas, por ser predador ele é um fator de risco para outras espécies.

Diante deste cenário é preciso unir forças para proteger as matrizes que carregam os melhores genes para reprodução: matar um grande espécime é o mesmo que estar matando o nosso melhor touro. É preciso brigar pela medida mínima e máxima para o abate, pois só com ações desse tipo vamos conseguir dar alegria aos pescadores esportivos e suas futuras gerações.